27 de julho de 2009

Efeito Borboleta

Num dia monótono, em que as nuvens teimavam em não deixar escapar a luz solar, sentei-me aborrecida no sofá. Aos poucos e poucos, um tédio tomou conta de mim.
Tudo mudou quando por mero acaso, num Zapping interminável, vi que estava a começar um filme na TVI. O começo cativou-me e deixei-me ficar. O filme era ‘Butterfly Effect’, ou se preferirem, em portugûes, ‘Efeito Borboleta’.
Esta fita dramática de 2004, realizada por Eric Bress e J.Mackey Gruber, conta a história de um menino, Evan Trebor (Ashton Kutcher) nascido numa pacata vila norte-americana que, para além de outros distúrbios, tem o pai internado num hospício e foi criado apenas pela sua mãe. Aos poucos, foi constatando que sofria de ‘black-outs’ quando estava sobre grande pressão emocional ; o médico aconselhou-o a escrever um diário para assim recuperar as memórias que ficaram reprimidas.
Agora adulto e completamente amnésico, Evan decide procurar os seus diários de infância. Descobre que teve uma namorada chamada Kayleigh (que tinha um pai pedófilo), um amigo medroso chamado Lenny e um inimigo chamado Tommy. Curioso, procurou estes personagens da sua vida e encontrou Kayleigh numa casa de alterne, Lenny num hospício, e Tommy numa prisão. O pior é quando ele descobre que foi tudo graças aos seus desastres/traumas. Tudo muda quando descobre que, ao ler os seus diários, pode voltar ao passado na pele da criança que foi outrora. Assim, visualizou toda a sua infância, e porque Kayleigh, Lenny e Tommy ficaram com a sua vida arruinada. Melhor que isto, Evan descobre que pode mudar o passado, e consequentemente, o presente e o futuro. Procura assim, nos seus escritos, o momento em que conheceu Kayleigh e mudou tudo. Fez o mesmo com as outras pessoas. Voltou ao presente, e tudo estava bem. O mal estava solucionado.
O filme acaba de uma maneira brilhante, quando, ao som de ‘Stop Crying Your Heart Out’ dos Oasis, Evan e Kayleigh se cruzam numa rua cheia de gente. Kayleigh com ar atarefado, envergava um tailleur digno de uma mulher de negócios. Embora não se conhecessem, trocaram olhares durante alguns segundos. Continuaram a andar. O plano final é absolutamente espectacular quando vemos cada um a seguir direcções diferentes. Ambos estão cépticos e pensativos.
Adorei este filme, pois mexe com algo que à partida ninguém pode mudar : o tempo. Para além disso fica-se com uma ideia do que é realmente o efeito borboleta (‘Change one thing, Change Everything’) mas desta vez, sem ser no clima, o que é delicioso. Os ‘flash-backs’ e os efeitos especiais também abrilhantam o elenco e claro, o desenrolar da história.
'CHANGE ONE THING, CHANGE EVERYTHING'.

40 comentários:

[Sérgio] disse...

Já vi o filme e gostei bastante, penso que saiu o butterfly effect dois em 2006, mas não tenho a certeza, nada que uma pesquisa no google não resolva :D

Beijinho

Rapariga dos caminhos abstractos disse...

Esse filme marcou a minha vida para sempre, mudou quem eu sou e como vejo o mundo. Esse filme é incrível.

Tens de ver o 2 (:

R ii. disse...

Já vi o filme, também gostei muito! :D

Di ,' disse...

Às vezes não me importava de ter desses flash's e esquecer certas coisas :x
Excelente texto *-*

R ii. disse...

Sim, também eu. (:
Quis vê-lo todo, e valeu a pena. :D
Acredito. :3

Beijinhos. ^^

meninadolápismágico disse...

" Change one thing, change everything " , tens toda a razão .

Também gosto muito do teu blog, e obrigada pelos comentários .

Beijinho, fica bem .

M. disse...

o filme deve ser absolutamente genial *.* nuncan o vi, mas o meu primo aconselhou-me a ver porque disse que foi dos melhores filmes que viu e a julgar pela tua descriçao é mesmo.

Beijinhos

M. disse...

muito obrigada :$ as ilusões ao menos fazem-nos sonhar e sair da rotina :')

compreendo perfeitamente, passa-se o mesmo comigo, mas em relação ao filme «Goal», é absolutamente brilhante, tem uma história fascinante e quanto mais se vê mais se quer ver; e também com o Revolta-te :'D
Tenho de arranjar maneira de ver o filme, agora fiquei mesmo com vontade * . *

Beijinhos

Rapariga dos caminhos abstractos disse...

Obrigada (:
Sim , já saiu , não é tão bom porque se torna previsível para quem já viu o 1 mas é lindo na mesma.

Rapariga dos caminhos abstractos disse...

Não, são outros actores. Mas a história é semelhante.

Rapariga dos caminhos abstractos disse...

Sim (: E depois quando vires diz qualquer coisa !

M. disse...

O «Goal» ja vi os tres e são lindos *.*
Esse nunca vi, por acaso.


Beijinhos

M. disse...

é uma historia marcante entao.
Ja tenho dois filmes para arranjar sendo assim :')

Beijinhos

Marta Monteiro disse...

" Change one thing, change everything "

É um filme bastante intenso.
De notar como acaba, teve que optar por não fazer parte da vida dela, de modo a que nada de mal lhe acontecesse. Fazer isso é sempre tão duro.

*

Inesinha disse...

O teu blog está altamente.
Sim, é bom ter e (às vezes é bom pensar que temos) , obrigada :)

Dexter disse...

Adorei esse filme, achei-o fantástico pq tal como dizes, mexe com uma coisa que nós n podemos alterar: o tempo. Se pudéssmos, qtas coisas alteraríamos?

E lembras-te da música do fim? Linda: Don't Cry Your Heart Out, dos Oasis :)

Pedro disse...

O terceiro és muito fixe também. Tens de tentar ver. :)

E obrigado. 8D

Inesinha disse...

Gostas de fotografia?

Inesinha disse...

Eu também adoro. Tanto é que agora nas férias estou a trabalhar numa loja de fotografia :)

Pedro disse...

É verdade, estreou este ano. :) Está um pouco diferente com personagens diferentes, mas mantém o mesmo sentido e a mesma "história".

"Nunca te arrependas de ser sonhador :D as pessoas sonhadoras são sempre mais doces e conseguem ver que para além do preto e do branco, existe o cinzento (:"

Eu vejo as cores todas. :) Estou aberto a novas possibilidades e aventuras. 8D

Quero ser:
Modelo
Psicólogo 8D
Professor
Médico
Ciclista
Estilista
Designer
.
.
.

meninadolápismágico disse...

Não tens que agradecer , :)

Ana Ritinha disse...

Olá...estou a ver que és uma comentadora nata de vários filmes mas e de séries?
Gostava que tu comentasses,(é que fiquei intrigada com o que pensarias desta serie), a série sabgue fresco que passa no MOV ás quintas ás 21h15min.
Háá...sim, gosto e oiço MCR mas nao sou nenhuma fã incondicional xD
beijinhos vou andar andar a seguir o teu blog.

b á * disse...

Este filme é maravilhoso :)
E eu amo o teu blog, acredita!

Beijinho *

bróculo disse...

gostei do teu blog, do que falas, do que escreves, da melodia de fundo
parabéns e continuação :)
desculpa a invasão.

Pedro disse...

O que não deve falta por aí são pessoas como eu. :/

Quero sempre fazer mais do que posso ou sou capaz. :(

E depois de tirares isso tudo, convidas-me para um programa teu de televisão ou rádio?? +.+

Beijinhos*

Inesinha disse...

Ei, a sério? Que altamente, fogo :)
Isso é mesmo bom, parabéns *.*

Pedro disse...

Escrevo lindamente? Não... Não sejas tão modesta. :D
Escrevo lá bem.

Ana Ritinha disse...

Allôô!!
Oh de nada...eu tmbem gosto...e digamos que somos todos artistas e colegas de arte ^^
É, parece que temos algumas coisas em comum...xP eu gosto muito de ver series e filmes com vampiros todos bons e romantiquissimos...é um genero de fetishe xP mas nao sexual hihihi
Oh nao faz mal, eu adoro o sobernatural...mas quanto a cena de rtp2 passar as series que já passaram a muito na tv cabo nao e bem verdade...depende das series, esse termo nao se emprega no E.R. que ja esta a uma temporada a frente do cana AXN ^^
Eu amo o subernatural e tambem tenho visto na rtp2 pk alguns episodios nao vi xD
Ste palmos de terra?? O.o nunca vi...é sobre o que? e quem e mesmoo realizador? e que nao prestei atençao...xP eu ja li o livro sangue fresco e ha mais 8 livros mas ca em portugal so tao lançados dois: sangue fresco e o 2º Divida de sangue. Lê e comenta aqui, quando poderes. lool
Um beijinho...
P.S.: gosto de trocar comentarios conitgo hehe ^^

Pedro disse...

Não escrevo nada. Conheces? Então pronto, não sou o único rapaz a escrever bem. :)
Haverá sempre alguém mais preferido do que eu. E porquê? Porque será bonito, bem educado, bem assíduo, bem fixe, bem fisicamente como as gajas gostam e tudo isso que tento ser e não sou, porque ainda não me dediquei a isso.

:)

Ana Ritinha disse...

tens razao! Só aqueles dois pãezinhos hihihi principalmente o mais velho.uiuiuiu é so baba!!
xP
eu depois irei lá ao site hoje nao tenho muito tempo...xP depois digo.te o que achei tabem?
Beijaooo...

Pedro disse...

Sou nada uma raridade. xD
Agora fizeste-me sentir aquelas pessoas que vão aos "Idolos" e parece que não cantam nada e tornam-se grandes estrelas. xD

Agora senti-me o patinho feio. 8D

Inesinha disse...

Tens toda a razão, os concursos são pouco divulgados.
Vou informar-me melhor e também me vou inscrever :)
Em Outubro à um em Mira (não sei se conheces), eu não sou de lá mas vou e vou participar.

Inesinha disse...

há*

RoseCherryRawwr ↓ disse...

bem ESCRITO ! :D

RoseCherryRawwr ↓ disse...

muito obrigada :)

b á * disse...

Muito obrigada :$ *

Ana Ritinha disse...

Pois é... xD os olhos dele...meu deuz! Matam-me... e aquele ar de sexy?? *_* uiii... xD
Olha acabei de comprar o livro divida de sangue...lool vou devorá-lo assim que começar a ler xD
Beijinhos...=D

Pedro disse...

Ya!! 8D

Susana S' disse...

Também já vi +.+

"O simples bater de asas de uma borboleta, pode provocar um tufão do outro lado do Mundo"

Daniel Gonzale'z disse...

O filme é super lindo
XD