13 de agosto de 2009

Lágrima

Eu não sou de ferro, de ferro não sou feita. As lágrimas caem lentamente, a dor instala-se. Uma lassidão toma conta de mim e leva-me a consciência. A alma dói muito. Um sentimento de impotência traça, por momentos, a respiração. E as lágrimas caem como gotas num dia de chuva. Não quero limpá-las, quero manter presente a minha revolta. Esconder a tristeza é um acto dos fracos.
O abraço, que me aperta é como o mel da minha existência. Por momentos relaxo, pacifico, acalmo. Mas ao mesmo tempo que o abraço vai perdendo força, a revolta reaparece sulcando tudo. O sentimento de impotência sacrifica-me. Injustiça.
Agora as lágrimas já estão choradas. A expressão encontra-se triste mas conformada. A esperança repisada regressa e fica. Não tem sentido, é ridículo, ridículo. Absurdo.

24 comentários:

Inês disse...

' E as lágrimas caem como gotas num dia de chuva. Não quero limpá-las, quero manter presente a minha revolta. Esconder a tristeza é um acto dos fracos. '

Não podia concordar mais.
E olha, às vezes faz bem chorar.
Gostei
beijinhos *

Susana S' disse...

Tão bonito :')

meninadolápismágico disse...

Lindíssimo ,

André disse...

Muitíssimo obrigado pelo elogio. ; D Olha que pelos vistos, não ficas mesmo nada a trás. ; D Gosto da essência da tua escrita. Vou seguir-te o exemplo e também seguir. ;D

P.S.- Oasis. Grande escolha. ;)

Beijinho *

- ROSE ™ disse...

adorei o que escreveste.
identifica-se comigo , e a foto está excelente *.*
beijinhos *

- ROSE ™ disse...

muito obrigada :,)

Bernardo disse...

Obrigado por me seguir :D
Tens aqui uma blog lindo, parabéns e belos textos

Di ,' disse...

Oh , ânimo menina :)

M. disse...

tanto a foto como o texto está perfeitos *.* adorei mesmo

Beijinhos

Rui Fernandes disse...

Lindo sabias...?

fantastico...

Nao me esqueci de ti...

Beijinho

* Jacklyne disse...

A dor faz parte da nossa vida, de nós. E é ela que nos mostra o verdadeiro valor da felicidade. Por vezes podemos pensar que a felicidade é uma mera utopia, mas ela existe, ela é a consequência da dor. Pois é ao sofrermos que lutamos pela felicidade :)

Adorei *

Ladybird. disse...

Minha querida*
Também gostei muito do teu blog, tal como yu, vou seguir :)

Eu sou como tu, prefiro chorar, alivia a alma..
Todo o homem chora e esconder isso e um acto de cobardia! Chora se isso te faz bem, te ajuda*

Nesses momentos nadamehor que um abraço, um abraço forte carregado de força, de segurança, de carinho, de calma.
O pior é uando esse abraço se começa a soltar, e quando voltamos a ficar sós a dor aumenta, as lágrimas voltam e a falta desse abraço cresce.

Espero que essa tristeza passe!
Vais conseguir!
Quem é forte para mostrar a sua tristeza e revolta, também é forte para as mandar embora e soltar de novo um belo e gigante sorriso!

;D

Acredita em ti, porque eu acredito!

Beijinho*

meninadolápismágico disse...

Tenho um desafio para ti no meu blog, :)

Michelle disse...

"O abraço, que aperta é como o mel da minha existência." Adorei acredita !!

m. disse...

obrigada :)
gostei deste texto , a forma como te expressas e como transmites aquilo que vai acontecendo é muito boa . apesar de não descrever a melhor das sensações . esse ciclo vicioso não costuma ser saudável , mas é algo que infelizmente não controlamos nem curamos com uma simples ida à farmácia .

também vou passar a seguir-te ;)
áh , e gosto da música , oasis soa sempre bem :)

André Sá disse...

Sim, às vezes faz bem chorar :)

Adorei :)

**

R's. disse...

Escreves mesmo bem! Enfim, adorei. :)

R's. disse...

Muito obrigada. :'$

MENOU™ disse...

adorei o texto sem duvida nenhuma . continua a escrever , está lindo .

Martchini disse...

um texto sentido *.*

Lili disse...

parabéns pelo texto e pelo blog (:

Liliana disse...

tudo perfeito, parabéns !

Liliana disse...

nao, mas amo fazer teatro (:
beijinho

Martchini disse...

a musica, o texto *.*