13 de janeiro de 2011

Insustentável Leveza do Ser.


“Insustentável leveza do ser” seria certamente o título que eu daria a esta fotografia, se me pedissem. Talvez por admirar Kundera, talvez pela assombrosa tranquilidade que esta obra de arte me transmite. Dona de uma melancolia extrema, é também portadora de uma atmosfera enigmática graças aos tons que a preenchem. Um elemento feminino surge, de algures, saltando para nenhures; não se sabe de onde vem nem para onde vai. Suspensa, como se fosse uma marioneta nas mãos do vento, a mulher exibe a sua audácia ao enfrentar o que todos temem - o desconhecido. O que me espanta é a sua plenitude, a sua serenidade, invejo-a. Como gostava de encarar o incógnito desta forma! Como gostava, tal como Pessoa, de ser alegremente inconsciente e ter a consciência disso! Como é bela a sua forma, a simplicidade que lhe é inerente, a total entrega!

Para mim, esta fotografia é algo semelhante ao teatro épico de Brecht, cuja distanciação entre a personagem e o espectador deve levar à reflexão e à consequente tomada de uma acção. Quando contemplo este retrato de bravura, apetece me viver, viver, viver; desfrutar de momentos efémeros, irrepetíveis como este, atingir a perfeição, derrotar o medo. Kundera estava certo – “Tudo se vive imediatamente pela primeira vez, sem preparação. Como se um actor entrasse em cena sem nunca ter ensaiado. Mas o que vale a vida se o ensaio da vida já é a própria vida? É o que faz com que a vida pareça um esquisso. Mas nem mesmo “esquisso” é a palavra certa, porque esquisso é sempre o esboço de alguma coisa, a preparação de um quadro, enquanto que o esquisso que a nossa vida é, não é esquisso de nada, é um esboço sem quadro”. Esta citação seria, certamente, a legenda que eu daria à fotografia em questão. Obra essa que encontrei, no meu computador, quando estava à procura de uma imagem para analisar neste trabalho. Apareceu-me diante dos olhos e, naquele preciso momento, concluí que tinha encontrado o que procurava. Não sei como foi parar aos meus documentos, já a devo ter guardado há muito tempo; também não sei quem é o autor. Pensando bem, o anonimato dá-lhe ainda mais poder, dado que a mensagem que transmite ganha um carácter ainda mais misterioso, obstinado. Segundo Roland Barthes, “the photographic image is a message without a code”.

32 comentários:

Maria Inês disse...

podes crer querida :$
tbm gosto do teu *-* e já sigo n.n

● L a u p s i l o n S t a u f a s ' disse...

lindo e ainda bem que concordas!

Maria Inês disse...

e adoro o teu post *-*

meninadolápismágico. disse...

claro que está, é gossip girl :D
obrigada (:

Maria Inês disse...

já *-*
estou tããooooo contente! :$

Inês disse...

Que Lindo!
também vou seguir!

Maria Inês disse...

obrigada querida :$:$ agora só quero é qe venha sabado para poder estar nos braços dele *-*

Maria Inês disse...

mesmo :$

susana disse...

É a primeira vez que aqui paro, mas só tenho a dizer-te que fiquei fã, e que escreves de uma maneira inteligente, sabes como agarrar quem lê. :)

jorgedalte disse...

acho que aqui te esmeras-te e me fizeste pensar.
De muitas conclusões que me passaram pela cabeça eu nunca chegaria a esse momento que depois de ler o teu post foi belo e poderia dizer perfeito

gostei mm muito e veio dar-me uma outra leveza ao meu espírito que tem andado conturbado.

beijinhos

guida * disse...

adoro a maneira como escreves. vou seguir ;)
(e obrigada xb)
beijinhos.

Danii disse...

agora já não :x daqui a nada vais perceber :/

Isabel disse...

Está qualquer coisa como fantástico *.*

sally disse...

gostei do título que darias a essa fotografia :) acho que encaixa perfeitamente.
escreves bastante bem.
também te vou seguir ;)

Danii disse...

Já está lá fofinha, morreram os dois que restavam :x

Isabel disse...

É óptimo saber isso querida, obrigada *.*
Eu já te seguia, por acaso.

. disse...

adoro o post $:
não tens que agradecer querida *-*
beijinhos

. disse...

eu sei querida , adoro a forma como escreves *-*

. disse...

obrigada $:

Danii disse...

Ainda não sei querida :/
Vais ou estás a seguir fotografia? :)

Danii disse...

Eu também, são lindos $:

, helenaa disse...

Obrigada querida *.*
Também vou seguir (;

Danii disse...

Ah, muito bem :)
Também deve ser giro, pelos nomes :p $:

, helenaa disse...

De nada querida *.*

raquel. disse...

adorei, adorei. acredita que farei o mesmo (:

Danii disse...

Estou no 12º ano de artes visuais :) quero seguir fotografia (por isso é que também perguntei :p) $:

NiSousa disse...

Obrigada (:

(eu tambem estou a fazer um trabalho de fotografia +.+)

Danii disse...

Pois é $:

NiSousa disse...

Sim, é o meu projecto de AP (:

Catarina disse...

Adoro a fotografia. Interpretaste-a (nao sei escrever S: ) muito bem ;)

Catarina disse...

Thanks ;)

Cátia Mourisca disse...

obrigada querida *
sigo o outro blog, já que tens 2!
:)