31 de agosto de 2011

Crescer

Odiava a noite. Era um castigo ter que adormecer. Por isso, lavava os dentes e a cara muito calmamente e tomava um copo de leite quente para ter a sensação falsa de conforto e de segurança. Antes entrar na cama, espreitava para debaixo da mesma. Olhava cautelosamente para todo o espaço circundante. Acreditava piamente que quem provocava todas as coisas más eram monstros que se escondiam debaixo da cama das pessoas. Após uma exaustiva verificação, deitava-se e enroscava-se muito bem nos cobertores para se sentir protegido. No entanto, ficava estarrecido a olhar para a janela e para as sombras que as árvores faziam espontaneamente assim que o vento soprava. Adormecia por exaustão e, nos seus sonhos, estava a salvo. Não havia maldade, nem monstros, nem revoltas. Havia apenas um universo paralelo tecido pela ilusão e pela inocência de quem ainda teve pouco tempo para explorar o verbo "viver".
Tudo isto acabou quando ele finalmente percebeu que os monstros não moram debaixo das camas.
Moram dentro de nós.

50 comentários:

Ás de Copas disse...

Adorei, adorei, adorei *.* está fantástico!

Amêndoa disse...

sonhamos sempre... é a paixão! :)

Danii disse...

Obrigada fofinha!
Está tão lindo *.* será que só agora percebi o quão bem escreves? :o

Danii disse...

acredito que sim querida, mas tu escreves maravilhosamente bem, mesmo! :')

Danii disse...

não tens nada que agradecer fofinha <3

SofiaSilva. disse...

:D

Cath disse...

Não há nada a agradecer. Sentes-te um pouquinho melhor, Luisinha ?

Gabe disse...

Não há nada para agradeceres Luísa, ora. Este texto está a coisa mais linda de sempre. E oh, que dói tanto ter um monstro a habitar dentro de nós.

simple writer disse...

e os monstros estão onde menos esperamos. tambem tinha assim medo da noite. :)

Corina de Oliveira disse...

LOL a serio? eu adoooooooro dormir :)


Bom fim-de-semana *

Amêndoa disse...

que nos move a nós e ao mundo. :))

Ju disse...

Os monstros moram mesmo dentro de nós. Texto mui belo :)

Cinda disse...

Adorei mesmo! Muito bom mesmo (: Obrigada pelo apoio querida, e desculpa a demora pela resposta!

catarina ferreira disse...

é mesmo linda amor (:

Danii disse...

podes crer querida :')

Cinda disse...

Acredita que se sente mesmo! Já não é possivel viver sem a pessoa que amamos :) É bom saber que há mais gente que sente o mesmo!

SofiaSilva. disse...

sempre, sempre!

Cath disse...

Pouco conheço de ti e já te desejo o melhor do mundo, Luisinha :)) O teu coração merece amor delicado.

• cláudiagomes disse...

gostei :')
respostas muito simples >.<

Cath disse...

Ambas merecemos!
Quando te vir, vou flutuar em sorrisos :)

• cláudiagomes disse...

como os teus textos :)

Helena disse...

Está maravilhoso, adorei querida.

carina disse...

e tens toda toda a razão. mas, sabes.. é muito difícil e acho que não sou capaz

Danii disse...

ahah, somos duas :p

SofiaSilva. disse...

tens razão, mas a palavra não diferencia muito do significado que o dicionário lhe dá, acho até que diz tudo.

Gabe disse...

Oh, como tens razão. Mas estás bem, Luísa? Espero que sim. E obrigada querida, de coração. O amor consegue ser mesmo isso, e tantas outras coisas boas. :)
Beijinhos, sorri muito esta semana.

Cath disse...

Também acho que sim! Até podíamos combinar com a Daniela, eu adorava :)

inês disse...

sei o que isso é, acabas por nao saber o que sentes devido a toda a confusao de sentimento

Helena disse...

Obrigada pelas palavras querida. Em certos momentos, custa sobretudo mais desafogarmo-nos mas, creio que quando exprimimos aquilo que reina no nosso íntimo para o exterior, o que sente-se é algo como libertador. E escrever ajuda imensamente nisso, o que é óptimo.

carina disse...

pois tenho sim querida. mas eu hei-de conseguir. obrigado:)

sara oliveira disse...

muito obrigada! amei completamente, escreves mesmo muito bem. já estou a seguir, e bastante deslumbrada (: mt bom mesmo!

• cláudiagomes disse...

quem dera..

Danii disse...

sabe mesmo querida :)

Cath disse...

Esta semana ainda não sei bem. Estou amanhã, nos restantes dias não sei. E tu, Luisinha ? :3

SofiaSilva. disse...

tens razão e obrigada pela palavras!

simple writer disse...

o amor é algo estranho mas neste momento da minha vida não tenho tempo para ele. estou emocionalmente indisponível, o curso vai-me ocupar o tempo a semana e o trabalho ao fim de semana, só tenho cabeça para isso e não para investir nalgo que pode nem durar. estou cansada de desilusões. e acho que tranquei as minhas portas do coração.
um eterno obrigada por cada palavra que me foste deixando ao longo do tempo no mesmo espacinho. peço desculpa por por vezes não ser a mais assidua e atenta ao que escrevias. um enorme beijinho da simple writer

Gabe disse...

espero que continues bem então, luísa. sei que mereces estar bem.
ahah, a minha irmã faz-me uns miminhos super engraçados. é linda.
tudo de bom para ti também, querida. :)

Briigite disse...

Adorei! *-*

catarina ferreira disse...

tem mesmo raízes muito fortes querida, e nunca se consegue esquecer *.*

Cinda disse...

Ora nem mais! Dizeste tudo :)

carina disse...

tens toda a razão :)) obrigada pelas palavras querida

Danii disse...

Eu já tenho querida, há imenso tempo :) está no lado direito do meu blog *

Cath disse...

Não sabes como me deixa feliz ler isso :))
Quando te der jeito dizes-me. Eu nem me lembrava que as tuas aulas já estão quase a começar. Ansiosa ou nem por isso ? :o

• cláudiagomes disse...

sim, também é verdade.

simple writer disse...

sim, já tenho as minhas metas mais que decididas e quero me dedicar afincadamente a elas. uma vez que faz parte da concretização de um sonho pessoal. mas claro está tenho medo de vacilar.
quanto ao amor, como disse no anterior comentário, é algo que não me preocupa, até porque penso que não seria capaz de abrir as portas ao mesmo nesta altura. muito obrigada pela força minha querida, muita obrigada por cada palavrinha. ainda não abandonei este mundo mas já estou com muitas saudades dele :$

inês disse...

é o que estou a tentar fazer. o pior já passou, acho

zoey disse...

deste-me mais uma boa informação :o e sim, as fisheye são realmente fantásticas!
btw, adorei o texto, principalmente a última parte! fantástico :)

SofiaSilva. disse...

obrigada, as tuas palavras fizeram-me realmente pensar. tens toda a razão, isto tudo vai passar e tudo vai ficar bem. obrigada!

Amêndoa disse...

sem dúvida! :)

Cath disse...

Até é natural. Queremos dar o melhor de nós, nesta etapa da nossa vida. E tu vais conseguir!