27 de fevereiro de 2012

primavera

E foi quando um aroma doce lhe encheu as narinas e o coração. Foi quando o sol decidiu mostrar o seu lado majestoso. Foi quando os pássaros decidiram levantar voo e viajar pelo mundo inteiro. Foi quando as pernas quiseram pular estrada fora. Foi quando os olhos quiseram olhar e ver tudo. Tudo.
As flores quiseram flutuar ao sabor do vento e as árvores quiseram pintar-se de cores vivas. O calor esquenta a pele, oferecendo bem-estar sem pedir nada em troca.
A natureza solta assim um cântico inaudível mas feliz que só alguns sentem ou estão dispostos a sentir. Envolve-nos assim nesta sinfonia de odores, de brisa suave que puxa o cabelo para os olhos. Inspira-nos, arranca-nos sorrisos tolos, faz os sonhos voarem mais alto. E eu que tinha os meus presos por um cordel de estrelas.

32 comentários:

Danii disse...

podes crer querida :)

Danii disse...

podes crer querida :)

sophie disse...

bem verdade :)

inês disse...

pois, é verdade... mas é estranho ter a cabeça assim. é tudo tão confuso,agora s:

Cath disse...

Sabes que mais ? Quando me sentir melhor, não me esquecerei de voltar aqui reler este texto. É inspirador. "E eu que tinha os meus presos por um cordel de estrelas" belo.

Mariana Simões disse...

obrigada pelo comentário :) sem duvida, seria muito melhor vivermos apenas nos sonhos!

Danii disse...

é mesmo *.*

Cath disse...

Já somos duas. Mereces um mar de sorrisos só para ti. Luisinha, és um amor, tal como a música que tens aqui!

Mariana Simões disse...

sim, partilho da mesma opiniâo que tu :)

Danii disse...

então somos duas!

Cath disse...

A inspiração deve ter sido fruto desta belíssima música. Perco-me aqui, adoro perder-me de cada vez que cá venho.

m. disse...

a tua escrita é mágica, as tuas palavras são doces. que combinação tão perfeita. está lindo!

Danii disse...

Tens toda a razão, o ser humano erra, mas errar tanto também é mau demais!
também gostava, são tão lindos *.*

Becci disse...

oh querida, obrigada pelas palavras :)

Amêndoa disse...

a família é a base de tudo, e não ter tempo para ela é a pior coisa deste mundo... :s

bam disse...

oh, és tu e eu. e é tão bom! as tuas palavras não podiam estar melhor :)

Pensando com Arte disse...

"Foi" só tu o permites voltar a ser *

ADOREI as descrições*

Sigo, e se quiseres le-me e segue-me também (:

zoey disse...

o texto está lindo :)
as palavras certas para descreverem a primavera !

Cath disse...

É estranho, não é ? Mas tens razão, é desse sentimento melancólico que vem toda a nossa inspiração. Quando nos sentimos de alma cheia, pouco há a dizer, porque tudo o que nos rodeia está no seu devido lugar. Nada poderá quebrar a harmonia, pensamos assim.

Anniee. disse...

obrigada :')

Ás de Copas disse...

Já tinha saudades de passar por aqui, de ler as coisas fantásticas que escreves. É sempre um gosto e este texto, mais uma vez, está extraordinário

m. disse...

por mais voltas que a vida dê, o amor verdadeiro habita no coração, escondendo-se para que não o mandemos embora.

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

TDelMona disse...

o problema é que estou neste estado intermédio de mascaras atrás de mascaras á muito tempo :x

gabe shadows disse...

Não saberia que fosse possível existir este sentimento sempre que nos encontramos: sempre que me escreves, ou sempre que te escrevo. Mas é muito bonito, e obrigada Luísa, por continuares aqui, a fazer-me sorrir com cada palavra que pronuncias, com cada frase que constróis. Desculpa-me não andar mais presente, não tenho tido muito tempo para andar por aqui. Ainda assim, estarei sempre aqui, sempre que estiveres nervosa, com o coração aos pulos, com o peito cheio de amargura, sempre que te apetecer chorar, ou até quando quiseres sorrir e o quiseres partilhar comigo. Quero muito que a vida te sorria, pequenina. Acredita quando te o digo. Beijinho, Luísa.

jorgedalte disse...

Gostei do post!

Beijinhos

júlia disse...

que texto LINDO *-*
APAIXONEI-ME!

Sofia Silva. disse...

Não seriamos nada! Parabéns, adorei o texto!

inês disse...

eu sei que é uma questão de tempo, pelo menos espero que seja

Fernando Gonçalves disse...

Olá, parabéns pelo seu blog.
Te convido a conhecer o meu,
http://carmasepalavras.blogspot.com/

;)

*Mariana disse...

Olá! Recebi o meu primeiro TAG e decidi desafiar-te a ti! =P Passa no meu blog e participa =)*

márcia morello disse...

foi o primeiro texto que li, mas pelo que vi escreves com muita inspiraçao :) *